Enviar para imprimir ou salvar PDF

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Polícia encontra ossada de idoso que pode ter morrido e ter sido devorado por animais na Zona Rural de Argirita

A Polícia Militar encontrou na manhã deste sábado (3), em uma casa na região rural de Argirita, os restos mortais de um idoso de 65 anos, identificado como sendo Carlos Roberto Leite, morador do local.

A residência fica em uma região de difícil acesso, sem energia elétrica, próximo ao local conhecido como sítio do Frederico a cerca de 8 quilômetros de Argirita e por esse motivo supôem-se que o idoso pode ter sofrido morte natural e o corpo ficou abandonado por várias semanas até se decompor. 

No local foram encontrados um crânio e vários ossos espalhados com marcas que podem ter sido produzidas por animais, pois haviam vários cães e porcos soltos e a porta da residência se encontrava aberta. Segundo informações o homem não ia muito a cidade e por este motivo ninguém teria sentido sua falta.

Próximo aos restos mortais, também foi encontrada a carteira do idoso com vários documentos e a quantia de R$ 1 mil em espécie. Também foram encontrados vários medicamentos e um comprovante de transação bancária realizada no dia 9 de janeiro. Os policiais não encontraram indícios de latrocínio.

Cerca de quatro cachorros e dois porcos estavam soltos naquele terreno. Outros três estavam presos em pequenos currais, magros e sem água.

Os ossos foram recolhidos por uma funerária e encaminhados ao Instituto Médico Legal de Leopoldina.  


Com informações e fotos de O Vigilante Online
Nosso parceiro na região

Nenhum comentário :

Postar um comentário