Enviar para imprimir ou salvar PDF

sábado, 21 de abril de 2018

Policiais de Cataguases e Juiz de Fora prendem dois e apreendem quatro no Guanabara por associação ao tráfico de drogas


A Polícia Militar, sob o comando do Tenente Marinato, comandante do 1º Pelotão da 146ª Cia de Cataguases com apoio da equipe de Rondas Ostensivas com cães (Rocca) e do Grupo Especializado de Radio patrulhamento (GER), ambos de Juiz de Fora, realizaram operação de combate ao tráfico de drogas na noite desta sexta-feira (20), no bairro Guanabara em Cataguases culminando com a prisão de dois maiores (18 e 21 anos) e apreensão de quatro menores, um com 17 anos e os demais com 16 anos. 

Conforme a PM, diversas denúncias e registros de tráfico de drogas naquele bairro, em especial nas proximidades da  quadra de esportes, na Rua Teófilo de Almeida, fizeram com que a operação fosse desencadeada. Consta nas denúncias que os meliantes escondiam drogas fracionadas nos arredores, cantos e calçadas da quadra e via pública, para dificultar a localização, contou Ten. Marinato.

Após traçar uma estratégia as equipes diligenciaram para o local e realizaram a abordagem aos seis jovens próximo a quadra.

"Ao fazermos uma intensa varredura especificamente no local onde os conduzidos se encontravam, com o auxílio da cadela kiara, foi localizada escondida no mato seco próximo dos abordados uma sacola plástica contendo vinte e três pedras de crack embaladas individualmente prontas para comercialização, sete papelotes contendo substância esbranquiçada análoga a cocaína e uma pedra maior da mesma substância, ainda nas proximidades foram apreendidas duas balanças de precisão comumente usadas para pesagem dos entorpecentes. Vale ressaltar que todos os conduzidos possuem participação direta nas vendas e distribuição dos entorpecentes, ou seja associados ao tráfico, cada qual com suas funções, dentre elas: olheiros, vendedor, responsável para ficar com o dinheiro das vendas e também os que fazem contatos com os viciados. Constantemente os conduzidos são abordados no mesmo local, sempre agrupados" explicou o tenente.

Segundo as denúncias, maiores estariam aliciando os adolescentes para que os mesmos os auxiliem no tráfico de entorpecentes, sem que os primeiros sejam responsabilizados em caso de abordagem policial.

Mediante o fato foi dada voz de prisão em flagrante delito aos autores e de apreensão aos adolescentes infratores, sendo todos conduzidos à delegacia de polícia civil de plantão de Leopoldina para as demais providências.

Nenhum comentário :

Postar um comentário