Enviar para imprimir ou salvar PDF

Cobertura Mídia Mineira - Eleições 2018

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Acidente com helicóptero: Corpos do empresário cataguasense Márcio Bissoli e do piloto são resgatados no Sul de Minas

Os corpos do piloto Luiz Gustavo Soares e do empresário cataguasense Márcio Barbosa Silva Bissoli, 50 anos, que estavam no helicóptero PR-JMB que caiu na noite de sábado na Zona Rural de Espírito Santo do Dourado, no Sul de Minas Gerais, foram encontrados na manhã desta segunda-feira (18).

Conforme o Corpo de Bombeiros, as buscas pelos corpos iniciaram após o término da perícia do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) e foram localizados no ponto em que a aeronave chocou-se com o solo e explodiu. Um trabalho de escavação precisou ser realizado no local possibilitando a retirada dos dois corpos pouco antes do meio dia. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal em Belo Horizonte.
Márcio Bissoli era o principal sócio do Grupo Bauminas
Foto: Reprodução Jornal O Tempo/MARIELA GUIMARAES

O helicóptero modelo A109S saiu de Nova Lima na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por volta das 17h30 de sábado com destino a São Paulo. No plano de voo constava quatro pessoas mas apenas dois seguiram viagem, o piloto e o empresário. O piloto chegou a relatar problemas durante o voo mas não conseguiu pousar. A aeronave foi fabricada pela empresa italiana Agusta, era operada pela Bauminas Logística e Transporte mas estava alienada a uma instituição bancária.

O empresário Márcio Barbosa Silva Bissoli, era engenheiro químico, residia em Belo Horizonte mas nasceu em Cataguases, em 3 de março de 1968. Era sócio de pelo menos 18 empresas localizadas em Minas Gerais, São Paulo e Bahia. Entre as empresas localizadas em Minas Gerais, pelo menos 10 delas fazem parte do Grupo Bauminas e localizam-se na Vila Reis em Cataguases e uma delas na cidade vizinha em Dona Eusébia.

Leia Também

Nenhum comentário :

Postar um comentário