Enviar para imprimir ou salvar PDF

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Mulher que foi agredida em Itamarati com golpe de marreta morre no Hospital de Cataguases; Ela era filha do saudoso Edgar Patachoca

Faleceu por volta das 5 horas da manhã desta quarta-feira (13), Kátia Memei Ribeiro Pacheco, 39 anos. Ela foi agredida com uma marretada na cabeça em um bar de sua propriedade, localizado na Avenida Ricardo Zanela, 751, no bairro XVI de Novembro em Itamarati de Minas.

O crime teria acontecido após uma discussão com seu companheiro, conhecido como "Carlinhos". Ele é o principal suspeito e encontra-se desaparecido. A agressão aconteceu em um momento de falta de energia elétrica no município.

Kátia deu entrada no Hospital de Cataguases por volta das 2h30 da madrugada com multiplas lesões, um corte profundo no couro cabeludo e inconsciente, sendo transferida para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

A vítima era filha do saudoso Edgar Martins Pacheco, o Edgar Patachoca, conhecido radialista e figura pública de Cataguases, falecido em 2015.

Kátia será sepultada às 16h30 no cemitério São José em Cataguases.

Qualquer informação que leve a polícia até o suspeito pode ser passada anonimamente para o telefone 190.
*Matéria atualizada em 13/06/2018 às
14:45 para acrescentar horário do sepultamento

Nenhum comentário :

Postar um comentário