Enviar para imprimir ou salvar PDF

sábado, 25 de agosto de 2018

Homem morre após ser espancado e esfaqueado pelos cunhados no Paraíso em Cataguases

Um homem de 35 anos, identificado como Luiz Fernando Dias (foto abaixo), morreu após uma discussão com seus cunhados, de 22 e 24 anos na Rua Geraldino Ferraz, próximo a quadra do bairro Paraíso em Cataguases neste sábado (25).

A Polícia Militar foi acionada por populares e ao chegar no local do fato, deparou com os autores, que são irmãos, sentados em um banco, com algumas lesões e o corpo coberto por sangue. Eles disseram à polícia que a vítima teria ameaçado um dos irmãos com uma faca nos dias 23 e 24 últimos, fazendo gestos como se fosse esfaqueá-lo. A ameaça chegou a ser registrada em um boletim de ocorrência. Segundo eles, a desavença é antiga pelo fato de que a vítima usava drogas junto com a irmã dos autores e ainda dizia que as desavenças do casal seriam motivadas pelos cunhados. Segundo eles, neste sábado, a vítima teria novamente ameaçado um dos irmãos com uma faca e que o outro irmão teria desferido um golpe na mão da vítima e em seguida entrado em luta corporal com o cunhado. O outro irmão confessou ter levado uma faca que foi utilizada pelo irmão para esfaquear a vítima e que ainda pegou uma barra de ferro e teria acertado a cabeça da vítima que já estava caída ao solo, sendo segurado em seguida pela irmã. Eles também entregaram a polícia dois celulares que continham imagens das ameaças da vítima contra os irmãos.

A companheira da vítima disse para a polícia que estava como acompanhante do filho de 1 ano e 5 meses no Hospital de Cataguases desde quinta-feira (23) e que ao retornar encontrou-se com Luiz Fernando que antes de entrar em casa ele voltou para fechar o cadeado do portão e que neste momento ouviu gritos de socorro e que presenciou seus irmãos agredindo seu companheiro (que encontrava-se caído ao solo), com um pedaço de pau e uma barra de ferro, que em seguida, ouviu quando um dos irmãos pediu para que o outro buscasse uma faca, mas que conseguiu retira-la de suas mãos. Ela também disse desconhecer as ameaças alegadas pelos irmãos.

Outra testemunha, no entanto, disse ter conhecimento das ameaças. 

A vítima chegou a ser socorrida pelo SAMU e encaminhada para o Centro Cirúrgico do Hospital de Cataguases, após sofrer uma parada cardíaca e ser reanimado com a utilização de um desfibrilador, mas às 19h54 teve o óbito confirmado por um médico após outras manobras de ressuscitação por aproximadamente 45 minutos.

Diante dos fatos os irmãos receberam voz de prisão e foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil em Leopoldina. Os objetos utilizados no crime haviam sido jogados em um brejo próximo a residência de um dos irmãos, mas foram recuperados pela PM e apreendidos. Também foi encaminhada para a Polícia Civil uma bucha de maconha que foi encontrada em um dos bolsos da vítima pela equipe médica.

O local do crime foi isolado para os trabalhos da Perícia Técnica.

(Matéria atualizada às 22h50)

Nenhum comentário :

Postar um comentário