Enviar para imprimir ou salvar PDF

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Prefeito de Cataguases assina Lei do FUNDEC e empossa secretário do CODEC que deverá acumular a função de secretário municipal

Com a presença de empresários e representantes de vários segmentos da economia local, setores governamentais e da sociedade civil, em evento na manhã desta segunda, no Centro Cultural Humberto Mauro, o prefeito Willian Lobo assinou a lei municipal que instituiu o FUNDEC (Fundo de Desenvolvimento Econômico de Cataguases). Criado com a da instalação do CODEC (Conselho de Desenvolvimento de Cataguases), em dezembro do ano passado, este fundo tem o objetivo captar e destinar os recursos necessários para a execução de projetos e programas voltados para o desenvolvimento do município. Foi  também empossado o secretário executivo do Conselho, Anízio Araújo Silva, que deverá acumular também as atribuições de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Gestão Institucional.  Devido à crise financeira no município, Anízio não será neste momento nomeado para o cargo da Prefeitura. 


Anízio Araújo Silva, sócio da empresa
Precisão Contabilidade foi o escolhido
como secretário Executivo do CODEC
e deverá acumular também o cargo de
secretário municipal de
Desenvolvimento Econômico e
Gestão Institucional
No evento, foram também oficialmente instaladas as Câmaras Técnicas do Codec, através das quais serão elaborados os planos de ação do Conselho, distribuídos por nove áreas de atuação.  São elas, Educação e Cultura; Saúde e Qualidade de Vida; Transporte; Infraestrutura Urbana e Meio Ambiente; Turismo e Esportes; Gestão Municipal; Segurança Pública; Assistência Social; Trabalho e Empreendedorismo.  Participaram do encontro, compondo a Mesa Diretora, os representantes do comitê gestor provisório que auxiliaram na coordenação e implantação efetiva do CODEC, os senhores Cesar Augusto Mattos, Eduardo Alves Mantovani, Humberto Ribeiro Peixoto, José Inácio Peixoto Neto, Pedro Paulo Araujo de Almeida e representando as demais autoridades, o promotor de justiça, Gustavo Garcia Araujo.

Ao abrir os trabalhos, o presidente do CODEC, Humberto Lanzieiri, agradeceu ao prefeito William e ao vice-prefeito Tita Lima, pelo incentivo à implantação do CODEC e destacou a importância do apoio permanente de demais entidades empresariais, tais como Sebrae e Fiemg, para que o Conselho cumpra o seu desafio de promover o desenvolvimento. “Neste momento de crise, manifestada pela piora de indicadores econômicos e sociais, e em que serviços governamentais se encontram em dificuldades, é nosso dever enquanto elite empresarial unir forças, nos articularmos para também atendermos as demandas do conjunto da sociedade e esse é o nosso maior desafio”, disse Lanzieri. 

Já o representante do comitê gestor provisório, Humberto Ribeiro Peixoto, reforçou o compromisso do CODEC de elevar Cataguases no ranking do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), entre os dez primeiros colocados de Minas Gerais, até 2027. Disse ainda que é impossível pensar em desenvolvimento em todo o seu contexto sem a participação efetiva da sociedade. “Com o CODEC estará em curso um planejamento que, em conjunto com o poder público, fará de nós protagonistas do próprio destino”, disse ele, reiterando a história numerosos exemplos em Cataguases de um empreendedorismo voltado para a responsabilidade social e para a valorização do nosso município.

O presidente da Energisa Minas Gerais, Eduardo Alves Mantovani, lembrou que o trabalho hoje em curso, teve início há três anos, a partir de um diagnóstico da Fundação Dom Cabral, financiado pelas empresas de Cataguases, e que, segundo ele, produziu uma série de informações riquíssimas para um desenvolvimento sustentável no longo prazo no município. Ele também citou a visita realizada à cidade de Maringá, a convite da Fiemg, em 2016, quando conheceu experiência semelhante de modelo de desenvolvimento bem sucedido naquele município paranaense. “Queremos uma cidade que volte a ser representativa da Zona da Mata, implementadora de inovações e vanguardista em suas ações a administração do prefeito William está tendo a grande chance de dar o pontapé inicial neste processo de desenvolvimento que envolve conjuntamente a sociedade civil e o poder público”.

Prestigiando o evento, aqui esteve o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Teodomiro Diniz Camargos. Ele deixou sua mensagem reafirmando a responsabilidade social das elites empresariais para dar continuidade ao processo de desenvolvimento urbano. “A indústria precisa trabalhar em um tecido social desenvolvido e tem o dever de contribuir para isso, e por mais bem intencionado que seja o poder público, de nada adianta se a sociedade não se envolver nesse processo, pois é ela, a sociedade, quem precisa ter um projeto para si, um desenho do que queira para a sua cidade e a região”. Teodomiro também parabenizou o prefeito Willian e os empresários de Cataguases pela iniciativa conjunta e reiterou o compromisso do Sebrae em apoiá-la em suas atividades.


Em seu pronunciamento, o prefeito William destacou o descompasso entre a grande capacidade arrecadatoria de Cataguases, segundo município da Zona da Mata que mais contribui para a receita de ICMS, e o baixo retorno para a sua população. “Como já é de conhecimento dos senhores, hoje o Estado possui uma dívida acumulada com Cataguases superior a R$ 15 milhões em repasses obrigatórios de impostos estaduais, que tem nos faltando para custear despesas correntes com a saúde, educação e salários dos nossos servidores”, disse o prefeito, destacando a importância também política do CODEC. “Esse Conselho será também importante, com todo o seu conhecimento técnico, para dar respaldo às nossas demandas, para nos ajudar a cobrar o que nos é devido, já que ficamos com a menor parte do bolo arrecadatório e, ao mesmo tempo, temos que arcar com as maiores obrigações. Temos muitas prioridades, mas uma delas é a convicção de que Cataguases precisa voltar a crescer e por isso sou grato pelo empenho de todos vocês nesta direção”.



Fonte:  Roberto Guimarães / Jornal Cataguases

Nenhum comentário :

Postar um comentário