Enviar para imprimir ou salvar PDF

domingo, 26 de agosto de 2018

Prefeitura de Rio Pomba e Instituto Federal manifestam-se sobre estudante que morreu após ser atingida por caco de vidro em exposição

A Prefeitura de Rio Pomba e o Instituto Federal (IF) onde a jovem Vitória Aparecida Vieira, 18 anos (foto), estudava, emitiram nota à imprensa sobre a morte da jovem estudante durante a Exposição Agropecuária daquele município.

foto: Facebook/Reprodução
O crime aconteceu na madrugada deste sábado (25), a vítima foi atingida por um caco de vidro de uma garrafa quebrada após uma briga de casal motivada por ciúmes. Segundo a ocorrência, uma jovem de 20 anos teria atirado uma garrafa de bebida na direção da ex-namorada de seu atual namorado mas a garrafa acabou acertando a cabeça de um rapaz vindo a quebrar e o estilhaço atingido a jovem no pescoço. O rapaz e a estudante atingida foram socorridos por uma ambulância mas a jovem não resistiu ao ferimento.

Através de imagens de câmeras de segurança a Polícia militar identificou a jovem que confessou ter atirado a garrafa na direção da ex-namorada de seu namorado, acrescentando que não teve a intenção de atingir outra pessoa. A jovem de 20 anos recebeu voz de prisão em flagrante por homicídio e lesão corporal. O rapaz de 25 anos, namorado da suspeita, informou que teria comprado a bebida em uma barraca do Parque de Exposições e confirmou que sua namorada teria jogado a garrafa.

O proprietário da barraca que teria vendido a bebida com casco de vidro também será notificado pela prefeitura e deverá perder sua licença por ser proibida a venda de bebida em embalagem de vidro.

O sepultamento da jovem aconteceu na manhã deste domingo em Ubá.

A prefeitura de Rio Pomba divulgou nota de esclarecimento em seu site, confira abaixo a íntegra:

"O Município de Rio Pomba vem a público se esclarecer sobre o fato ocorrido na madrugada deste sábado, 25 de agosto, no Parque de Exposições. A Administração Municipal presta suas condolências à família da jovem Vitória Vieira, estudante de Zootecnia do IF Sudeste – Campus Rio Pomba. Vitória foi atingida por um estilhaço de garrafa, proveniente de uma briga de casal. Tanto a Polícia Militar quanto a equipe de socorristas assistiram a jovem desde o momento ocorrido e continuam trabalhando na investigação do caso. Os autores já foram identificados e detidos, sendo o caso encaminhado para a delegacia de Ubá.
O planejamento da 34ª Exposição Agropecuária e Industrial de Rio Pomba foi realizado tomando todas as precauções viáveis. A identificação dos autores só foi possível graças às imagens captadas pelas câmeras de segurança instaladas no Parque de Exposições. Houve um grande investimento pensando na segurança da população e visitantes. Além do monitoramento através das câmeras, o local passou por vistoria prévia do Corpo de Bombeiros, atendendo todas as solicitações requisitadas por eles. Uma equipe de apoio e Policiais Militares estavam prestando apoio dentro e ao redor do parque, que foi todo cercado para contribuir com a revista na portaria, a fim de impedir a entrada de alimentos e bebidas no recinto.
As empresas contratadas estavam cientes, mediante cláusulas contratuais, que era expressamente proibida a venda de bebidas em garrafas de vidro. Está sendo apurado se a garrafa que ocasionou o incidente é proveniente de uma venda ilegal. Os responsáveis serão devidamente punidos.
O Município de Rio Pomba lamenta o ocorrido e informa que desde o momento está tomando as providências necessárias e prestando seu apoio à família."

Confira abaixo, na íntegra, a nota do Instituto Federal (IF) enviada por e-mail para nossa redação:

"É com pesar que informamos o falecimento da estudante do curso técnico integrado em Zootecnia do IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba, Vitória Aparecida Vieira, 18 anos. Na madrugada deste sábado, dia 25, ela foi atingida por estilhaços de uma garrafa arremessada em meio à multidão durante a Exposição Agropecuária de Rio Pomba. A jovem foi levada para o hospital da cidade, mas não resistiu. O enterro está marcado para manhã deste domingo, 26, em Ubá.
De acordo com o boletim de ocorrência da PM, os militares que trabalhavam no evento foram acionados com a informação de que uma jovem havia caído após ser atingida por cacos de vidro no pescoço. A equipe verificou as câmeras de segurança e viram que uma mulher teria arremessado o objeto na direção em que estavam Vitória e um amigo. A mulher foi identificada e presa.
Neste momento, toda a instituição se solidariza aos amigos e parentes de Vitória. Para demonstrar nossos sentimentos, membros da direção do Campus estão em Ubá, onde a estudante residia, apoiando a família."

Nenhum comentário :

Postar um comentário