segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Em resultado apertado, TRE-MG defere candidatura de Dilma Rousseff para o senado de Minas

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) deferiu a candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), no início da tarde desta segunda-feira (17).

Foto: Lula Marques / AGPT

O tribunal julgou dez pedidos de impugnação à candidatura de Rousseff, que sofreu um impeachment em 2016. Nas ações propostas por outros candidatos, pelo diretório estadual do partido Novo e por membros da sociedade civil organizada, os autores questionavam a inelegibilidade da ex-presidente por 8 anos, conforme entendimento do texto da Constituição no caso de impeachment. O julgamento começou às 9h e terminou pouco depois do meio dia. 

Votaram pelo deferimento os juízes: os juízes Ricardo Matos, João Batista e Paulo Abrantes. Já pelo indeferimento, os juízes Fonte Boa e Nicolau Lupianhes e o desembargador Rogério Medeiros. O presidente da Corte, desembargador Pedro Bernardes votou desempatando a favor de Dilma.

A candidata ainda não se manifestou sobre o resultado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário