sábado, 24 de novembro de 2018

Vereador de Leopoldina solicita vistorias em pontes e viadutos da cidade

A possível falta de manutenção em viadutos localizados no perímetro urbano de Leopoldina foi tema de Indicação e Representação feitas pelo vereador e repórter do jornal O VIGILANTE, José Augusto Cabral, na reunião da última segunda-feira (19), na Câmara Municipal. 

Conforme os documentos aprovados naquela reunião, foram solicitadas informações junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) a respeito da frequência de vistorias, caso tenham sido realizadas, nas estruturas dos viadutos da BR-116, especificamente em relação a um dos pontos com maior fluxo de veículos e pessoas no município e no perímetro urbano da rodovia, o Viaduto do Bela Vista, além da Ponte Cheirosa - próximo ao Vale do Sol/Popular e a Ponte sobre o Córrego Feijão Cru, próxima ao Trevo do Bairro Alto do Cemitério. Também foi protocolada solicitação dos respectivos pareceres ou laudos das condições das estruturas daqueles viadutos. Em outra Indicação, o vereador solicita ao prefeito e ao secretário municipal de obras que sejam feitas vistorias, inicialmente na estrutura da ponte localizada na Avenida Getúlio Vargas, e posteriormente em outras pontes da cidade.

Segundo José Augusto Cabral, é do conhecimento público que a ponte da Avenida Getúlio Vargas suporta diariamente, há décadas, a passagem de veículos leves e pesados, dentre eles ônibus, caminhões e carretas carregadas e tal medida norteará a administração municipal quanto à necessidade de realização de obras visando antecipar-se a eventuais acidentes que poderão resultar em perdas de vidas e danos materiais.


O vereador lembrou os recentes acontecimentos em São Paulo e no Distrito Federal. Na Zona Oeste da capital paulista um viaduto da pista expressa da Marginal Pinheiros cedeu cerca de dois metros na madrugada da quinta-feira, 15 de outubro. No Eixo Sul, em Brasília, em fevereiro deste ano um viaduto desabou e sua estrutura caiu sobre quatro carros e um restaurante.

Em recente reunião na 5ª promotoria da Comarca de Cataguases, nesta quinta-feira (23), ficou definida a restrição da ponte Pedro Dutra Nicácio Neto, conhecida como "Ponte Nova". Confira a matéria completa clicando no link abaixo:

Reunião no MP define limitação de veículos até 16 toneladas sobre a “Ponte Nova” em Cataguases

Fonte: O Vigilante Online

Nenhum comentário :

Postar um comentário