terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Prefeito e Polícia do Meio ambiente irão solicitar vistoria nas barragens próximas a Cataguases

Uma reunião realizada ontem (28), no gabinete do prefeito Willian Lobo, para tratar das reais condições de segurança das barragens localizadas na microrregião de Cataguases, contou com a presença de vereadores, vereadores, secretários municipais, Defesa Civil, representantes da Polícia Militar e da Polícia Militar do Meio Ambiente.

Após a reunião o prefeito publicou vídeo em rede social onde ressaltou que está recebendo apoio do Ministério Público, para exigir novos laudos periciais das empresas responsáveis pelas barragens, atestando a segurança das mesmas, e evitando que desastres como esse voltem a acontecer. 

Confira no vídeo abaixo:



Após a reunião foi divulgada nota do tenente Carlos onde reforça que a Polícia Militar do Meio Ambiente irá solicitar à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, uma nova vistoria na barragem da CBA em Itamarati de Minas, bem como nas demais próximas a Cataguases.


Confira abaixo a nota na íntegra:

Devido ao trágico rompimento da barragem da Vale em Brumadinho tem ocorrido diversas divulgações de msg em redes sociais e aplicativos de msg acerca de eventual risco na estabilidade e segurança das barragens em nossa região, especialmente as da CBA em Itamarati de Minas e Miraí e a da Bela Ischia em Astolfo Dutra. 
Por força do Decreto Estadual 46.933/2016, as barragens de rejeitos passaram a ser vistorias periodicamente por profissionais especialistas em segurança de barragens, com encaminhamento dos relatórios à SEMAD e à Agência Nacional de Mineração.
O Ministério Público Mineiro, através do NUCRIM também realizou vistoria nas barragens que não tiveram sua estabilidade garantida, como é o caso da Bela Ischia (Inventário de Barragens 2017), recomendando medidas corretivas.
Nexte contexto, não há informações de eventuais comprometimentos das citadas barragens, pelo que entendemos que notícias oriundas de fontes desconhecidas ou não apropriadas não devem ser difundidas para evitarmos mais apreensão nas comunidades.
Diante do trágico acidente, acreditamos que os protocolos de fiscalização deverão ser reavaliados pelos órgãos responsáveis.
Por fim, a Polícia Militar do Meio Ambiente irá solicitar à SEMAD uma nova vistoria na barragem da CBA em Itamarati de Minas, bem como estaremos entrando em contato com as empresas citadas.
Resp.
Ten Carlos 
Cmt 3 Pel Meio Ambiente - Cataguases

Nenhum comentário :

Postar um comentário