domingo, 17 de março de 2019

Homem é preso após ser baleado em Muriaé


A Policia Civil de Minas Gerais prendeu em Muriaé, na noite desta sexta (15), um homem de 29 anos, suspeito pelo homicídio de Romário Pereira Marinho, 24 anos em uma mercearia, no bairro Joanópolis no dia 11 de março.

O cumprimento do mandado de prisão aconteceu no Hospital São Paulo, após o suspeito passar por cirurgia depois de sofrer uma emboscada no bairro São Joaquim. Ele foi alvejado por dois tiros que teriam acertado as costas e o braço direito.

Para a Polícia Militar, o suspeito contou que, enquanto caminhava pela Rua Madre Tereza de Calcutá, foi surpreendido por dois homens armados que efetuaram vários disparos em sua direção. Ele correu e foi levado ao Pronto Socorro pelo seu irmão.

A vítima foi operada e ficou sob escolta até que possa ser encaminhado para uma unidade prisional.

No local do atentado foram recolhidas oito capsulas de munição calibre 9mm. A PM realizou rastreamentos, mas os atiradores não foram localizados.

Assassinato na mercearia

Segundo nota da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Muriaé, as investigações sobre a morte de Romário Pereira Marinho, 24 anos, apontam que o jovem foi executado pelo o homem baleado nesta sexta (15) e por outro rapaz, que é considerado foragido. A principal tese quanto à motivação é de que o crime tenha sido cometido em meio a uma disputa por pontos de comércio de drogas na Cidade.


Sobre o segundo suspeito, o delegado titular da DHPP, Tayrony Espíndola, afirma na nota que sua captura é questão de tempo: “Ele não tem como se esconder e vai ter que prestar contas do que fez, assim como todos os outros que acharem que podem fazer justiça com as próprias mãos”, afirmou.

Com informações e fotos da Rádio Muriaé

Nenhum comentário :

Postar um comentário