sexta-feira, 12 de abril de 2019

Cataguasense deficiente visual se prepara para campeonato mundial de Jiu-Jitsu em Abu Dhabi

Após sair vitorioso no Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-jitsu que aconteceu em novembro de 2018 no Rio de Janeiro, o atleta cataguasense, Leandro Caio de Lima Bento, 30 anos, o Leandro Demolidor, se prepara para participar do maior desafio de sua carreira, o Abu Dhabi World Professional Jiu-Jitsu Championship 2019, o mais importante campeonato de Jiu-Jitsu do mundo, que acontecerá entre os dias 20 a 26 de abril deste ano na Mubadala Arena em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Leandro, que é deficiente visual, começou a praticar o esporte há aproximadamente quatro anos, após perder a visão em um acidente de trabalho. Até então o lutador não praticava nenhum esporte. De lá pra cá, Leandro Demolidor como é conhecido, vem se destacando em competições de Jiu-Jitsu em várias cidades, participando de campeonatos oficiais contra atletas com visão ou em campeonatos paratleta.

Em entrevista para o Site Mídia Mineira, o atleta disse que quando perdeu a visão, chegou a ficar com depressão, chegando a tentar o suicídio, até que conheceu o Jiu-Jitsu e o mestre Wesley Lobo da academia Lobo Team, que salvou a sua vida. "Quando eu entrei no Jiu-Jitsu eu pesava 128 quilos", destaca.

Leandro já ganhou 13 medalhas dos 15 campeonatos em que participou. Sobre o campeonato em Abu Dhabi, ele contou que está nervoso e que a ficha ainda não caiu, mas é taxativo em afirmar: "Eu vou ser campeão!". Ele participará das duas modalidades, convencional e ParaJiu-Jitsu, sendo que no ParaJiu-Jitsu contra outro atleta com deficiência visual, Leandro precisará de apenas uma luta para se sagrar campeão. Já na categoria convencional, contra atletas que não possuem nenhuma deficiência, o cataguasense terá de enfrentar entre 3 a 5 lutas para levar a medalha, dependendo das inscrições.

O atleta cataguasense recebeu o convite para o campeonato mundial através do próprio príncipe de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, que não esteve no campeonato, mas conheceu a história de Leandro após ele participar de uma entrevista para um canal esportivo dos Emirados Árabes Unidos, durante a competição no Rio de Janeiro. Na ocasião, o atleta conheceu o cônsul-geral dos Emirados Árabes Unidos, Ibrahim Al Alawi e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Ele irá para o campeonato mundial acompanhado de seu mestre Wesley Lobo. 

Após perder a visão, Leandro encontrou a arte suave e virou atleta, passando de 128 Kg para 86 Kg.
Foto: Rede Social

Embora a passagem e estadia em Abu Dhabi estejam garantidas, ele ainda necessita de apoio para alimentação, deslocamento ida e volta para o Aeroporto do Rio de Janeiro, entre outras coisas e para isso, uma rifa está sendo vendida para ajudar nas despesas e pode ser adquirida na Academia Lobo Team no bairro Bandeirantes. Empresas também podem ajudar com patrocínio.

O atleta foi homenageado na Câmara Municipal de Cataguases na última terça-feira (9), onde deu seu depoimento para os presentes, confira no vídeo abaixo:

Nenhum comentário :

Postar um comentário