terça-feira, 13 de agosto de 2019

Polícia Civil prende suspeitos de matar Elídia Geraldo em Ubá

Em vídeo delegados falaram sobre o caso

As investigações para chegar a solução do caso que culminou com a morte da jovem Elídia Geraldo, 19 anos, em Ubá, tiveram importante desdobramento ontem, segunda-feira (12).

De acordo com o Delegado Regional de Ubá, Diêgo Candian Alves, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), cumpriu mandados de prisão temporária em desfavor de um homem e de uma mulher, ambos de 20 anos, suspeitos de envolvimento no crime. A operação que visa apurar o crime recebeu o nome de: "Quem é como Deus?".
Conforme o Delegado Bruno Salles, responsável pelas investigações, também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nos Bairros São Domingos, Xangrilá e Centro. “As investigações ainda estão em curso e correm em sigilo”, destacou. As apurações seguem em andamento e mais informações serão divulgadas posteriormente. 


Confira abaixo vídeo disponibilizado pela Polícia Civil com depoimentos do Delegado Regional (à direita) e do Delegado responsável pelas investigações (à esquerda).

 

O caso

A jovem Elídia Geraldo, teria saído de casa na terça-feira (02/07/2019), por volta das 18h30min, para ir em uma festa no Horto Florestal de Ubá. Ela havia dito a seus pais que não iria demorar e que voltaria rápido, o que não ocorreu. Ainda conforme narrado para a polícia, a jovem encontrou com amigos na Praça das Mercês e chegou a encontrar com um casal de amigos que já na festa e depois de se despedir não foi mais vista. No dia seguinte, este casal procurou os pais da jovem para perguntando sobre um aparelho celular que teria ficado com a vítima.

O corpo da jovem foi encontrado em uma mata próxima a rodovia MGT-265, em Ubá, no dia 22 de julho.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

Nenhum comentário :

Postar um comentário