terça-feira, 3 de setembro de 2019

Delegado de Ubá que estava sendo investigado é encontrado morto no Rio de Janeiro

A Polícia Civil de Minas Gerais está investigando as circunstâncias da morte do delegado Alexandrino Rosa de Souza, lotado na Delegacia Regional de Ubá.

Foto: Internet/reprodução
O delegado foi encontrado morto na linha amarela no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (3). Ele era um dos alvos da investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da corregedoria da Polícia Civil na Operação Patmos que apura crimes de corrupção e associação criminosa, dentre outras infrações penais, praticados, em tese, por policiais lotados na Delegacia Regional de Ubá.

Segundo informações, o veículo do delegado, um Ford Sedan, bateu em um túnel da linha amarela. Policiais que atenderam a ocorrência identificaram o delegado que foi encontrado sem vida dentro do veículo com uma perfuração na cabeça, que teria sido provocada por uma arma de fogo. Dentro do automóvel foi encontrado uma arma. A polícia trabalha com a hipótese de suicídio. A teoria é que o delegado tenha tomado conhecimento do mandado de prisão e teria fugido para o Rio de Janeiro. A PCMG aguarda exames periciais para confirmar as hipóteses.

Leia também
Operação apura possíveis crimes praticados por policiais da Delegacia Regional de Ubá

Nenhum comentário :

Postar um comentário