domingo, 3 de novembro de 2019

Mais de 1500 candidatos prestam o Enem em Cataguases. No Brasil foram cerca de 1,5 milhões

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Terminou, às 19h, no horário de Brasília, deste domingo (3), a aplicação regular do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participantes que fizeram videoprovas em Língua Brasileira de Sinais (Libras) tiveram até às 21h. 

Em Cataguases 1.533 candidatos se inscreveram para o Enem deste ano. Em todo o Brasil foram cerca de 5,1 milhões de estudantes.

A prova deste domingo teve redação, ciências humanas e linguagens. O exame segue no próximo domingo (10), quando os participantes fazem as provas de matemática e ciências da natureza.

A regra mais rígida quanto a celulares e aparelhos eletrônicos em geral, a qual elimina automaticamente o proprietário do aparelho caso este emita qualquer som, mesmo dentro do saco plástico, foi responsável por várias eliminações, inclusive em Cataguases. Em todo o Brasil foram 376 candidatos eliminados por motivos diversos.

O tema da redação deste ano, Democratização do acesso ao cinema no Brasil, pegou professores de surpresa. Muitas apostas eram nas áreas da saúde, meio ambiente, educação e tecnologia.

Um outro problema que ocorreu neste domingo, acabou até ajudando alguns estudantes (da região sudeste) a chegar mais cedo ao local das provas. Aparelhos celulares de diversas marcas e operadoras adiantaram novamente os horários ajustando os relógios para o horário de verão, que não vai mais ocorrer no país. Mesmo assim os portões foram abertos pontualmente às 12 horas e fechados às 13 horas, no horário de Brasília.

Uma foto da prova do Enem vazou na internet e foi confirmada pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Segundo o Ministro, um aplicador de prova de Pernambuco que teria sido o autor, mas o fato não compromete o exame. O caso vai ser investigado pela Polícia Federal. Confira abaixo a palavra do ministro sobre o assunto no vídeo publicado em sua rede social:
Com informações da Agência Brasil / EBC

Nenhum comentário :

Postar um comentário