sábado, 18 de janeiro de 2020

Busca por lote de cerveja contaminada continua em Cataguases

A Prefeitura Municipal de Cataguases comunicou, nesta sexta-feira (17), que foi confirmada a venda do lote L2 1464, da cerveja Belorizontina, contaminada com a substância dietilenoglicol, responsável por causar a síndrome nefroneural que já matou 4 pessoas em Minas Gerais. 

Segundo a Vigilância Sanitária, o produto chegou a ser comercializado em Cataguases em data anterior ao início das recomendações de retirada do produto do mercado, ou seja, algumas vendas foram realizadas anteriormente ao início das apurações das contaminações. 

Por este motivo, pessoas que podem ter alguma garrafa da cerveja Belorizontina em casa, devem comunicar a Vigilância Sanitária.

A Vigilância Sanitária do município visitou até o momento 48 estabelecimentos e e conforme a última nota publicada na página da prefeitura, o trabalho continua em andamento. Os comerciantes estão cientes de que todos os produtos da empresa Backer não devem permanecer na área de vendas de seus comércios, caso contrário, serão responsabilizados por transgredir normas legais e regulamentos destinados à proteção da saúde

Em caso de dúvidas os consumidores podem entrar em contato pelos telefones: 3429-2600 e 3422-3589.

Vítimas

Até o momento já foram contabilizadas 18 notificações de pessoas contaminadas e quatro óbitos. As vítimas fatais por data de falecimento são:

  • 28 de dezembro de 2019: Maria Augusta de Campos Cordeiro, 60 anos, de Pompéu. A morte jó foi confirmada no dia 16 de janeiro;
  • 07 de janeiro: Paschoal Dermatini Filho, 55 anos, morador de Ubá;
  • 15 de janeiro: Antônio Márcio Quintão de Freitas, 76 anos, de Belo Horizonte;
  • 16 de janeiro: Milton Pires, 89 anos, de Belo Horizonte;

Lotes contaminados

Backer D2 

  • L1 2007 Dietilenoglicol

Backer Pilsen 

  • L1 1549 - Dietilenoglicol
  • L1 1565 - Dietilenoglicol

Belorizontina 

  • L2 1197 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1348 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1354 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1455 - Dietilenoglicol
  • L2 1464 - Dietilenoglicol (Comercializado em Cataguases)
  • L2 1474 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1487 - Dietilenoglicol
  • L2 1546 - Dietilenoglicol
  • L2 1557 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1593 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol
  • L2 1604 - Dietilenoglicol

Brown 

  • 1316 - Dietilenoglicol

Capitão Senra 

  • L2 1571 - Dietilenoglicol
  • L2 1609 - Dietilenoglicol

Capixaba 

  • L2 1348 - Dietilenoglicol e Monoetilenoglicol

Fargo 46 

  • L1 4000 - Dietilenoglicol

Pele Vermelha 

  • L1 1345 - Dietilenoglicol
  • L1 1448 - Dietilenoglicol



Nenhum comentário :

Postar um comentário