quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Casal é preso em Ubá suspeito de espancar e matar criança de 1 ano

Um casal foi preso em Ubá na manhã desta terça-feira (21), acusado de espancar e matar uma criança de 1 ano de idade.

A Polícia Militar foi acionada por um conselheiro tutelar após a criança dar entrada no Hospital São Vicente de Paula já sem vida. Conforme informado, a criança foi levada para o hospital pela mãe e pelo padrasto em um veículo de um vizinho. Ele chegou apresentando vários hematomas e escoriações por todo o corpo e cabeça. 

O padrasto relatou para os policiais que a mãe da criança havia saído para buscar leite e que teria deixado a criança com ele, por volta das 7h30 desta segunda-feira. Conforme alegou, ele teria se ausentado por uns minutos para atender uma pessoa que chamava à porta. Ao retornar observou que a criança estava roncando muito, aparentando estar sem ar, momento em que teria iniciado uma massagem cardíaca e a fazer respiração "boca a boca". Segundo ele, a criança retomou a consciência por cerca de três vezes, mas depois desfaleceu. Em seguida ele teria deixado a criança no sofá e ido a um local próximo para tentar contato telefônico com a mãe do menino, mas sem sucesso. Então, retornou em casa e observou que a criança não estava mais respirando. Ele teria terminado de vestir as roupas no bebê e saído de bicicleta para procurar sua companheira, deixando a criança novamente no sofá. Após encontrar a mãe, os dois levaram a criança para o hospital com ajuda de um vizinho.

O corpo da criança foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde o médico legista constatou que a criança apresentava hemorragia intratoráxica com fraturas de costela a direita e grande hemorragia intra-abdominal, além de várias fraturas na calota craniana. 

Diante dos fatos levantados pelas equipes policiais, o casal recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Judiciária onde permanecem detidos até o momento.

Nenhum comentário :

Postar um comentário