sábado, 25 de janeiro de 2020

CBA afirma em nota que barragem de Miraí não corre risco de rompimento

A Companhia Brasileira de Metais (CBA) emitiu uma nota de esclarecimento na tarde deste sábado (25) informando que não há nenhum risco de rompimento da barragem localizada em Miraí.


A nota também esclarece que o volume de chuva não afetou a estrutura da barragem e enfatizou que as barragens da CBA foram projetadas e construídas para suportar uma chuva decamilenar, ou seja, a maior chuva que pode acontecer em um período de 10.000 anos.

A empresa também diz que segue monitorando a barragem 24 horas por dia e conta com um sistema robusto de gestão de segurança.

Confira na íntegra a nota enviada pela CBA
A Companhia Brasileira de Alumínio – CBA informa que a barragem de Miraí encontra-se segura. O grande volume de chuva não afetou a estrutura da barragem. As barragens da CBA foram projetadas e construídas para suportar uma chuva decamilenar, ou seja, a maior chuva que pode acontecer em um período de 10.000 anos.
Adicionalmente, a CBA reforça que possui um sistema robusto de gestão de segurança que garante a integridade física de suas barragens. Esse sistema, chamado SIGBAR, contempla rotinas de monitoramentos, que são realizados diariamente, semanalmente e mensalmente e, posteriormente, encaminhados aos órgãos fiscalizadores; bem como auditorias externas, conduzidas por uma empresa independente especializada e de competência reconhecida internacionalmente, que têm frequência mensal para os monitoramentos, controles e ações e semestral para avaliação geral da barragem.

Fonte: Rádio Muriaé

Nenhum comentário :

Postar um comentário